Pesquisar neste blog:

segunda-feira, 5 de março de 2012

Os Dez maiores tecladistas do rock

Este post vai falar sobre os dez maiores tecladistas do rock, na minha modesta opinião. É mais um post da série, ficam faltando agora os guitarristas e vocalistas. Novamente, presença de palco, performance junto com sua banda, participações em diversos discos, meu gosto, etc são os fatores que guiaram esta escolha. Vamos então aos meus preferidos nas teclas:


10 - Jordan Rudess - Dream Theater
Jordan encaixou perfeitamente no heavy metal progressivo praticado pelo Dream Theater, mais até que os tecladistas anteriores da banda (Kevin Moore e Derek Sherinian). Aliás, ele está com os integrantes da banda desde os tempos do grupo instrumental Liquid Tension Experiment. Ele possui uma técnica apuradíssima, abusa dos solos nos shows da banda e se mostra antenado com as novas tecnologias - seu set sempre traz um iPod ou iPad. Ele abre esta lista representando a nova geração em alto estilo!


9 - Chuck Leavell - The Allman Brothers Band, Eric Clapton, Rolling Stones
Este tecladista tem muita bagagem no mundo do rock. Ele acompanhou diversas feras, como os Rolling Stones, Eric Clapton e os Black Crowes, além de ter sido membro dos Allman Brothers. Só isto já bastava para ele estar aqui. Ele ainda gravou diversos álbuns com sua banda Sea Level, um grupo que tem história parecida com a do Gov't Mule - ambos foram formados por ex-integrantes do Allman Brothers. Por tudo isso, Chuck abocanha o nono lugar!


8 - Billy Preston - Beatles, Rolling Stones, Eric Clapton
Pra quem não conhece Billy Preston, basta saber do fato de que John Lennon chegou a cogitá-lo como o quinto Beatle. Sim, Preston gravou nos últimos discos dos Beatles, chegando a ser reconhecido nos créditos. Tocou com diversos outros artistas de peso, destacando os Rolling Stones e Eric Clapton. Também teve uma carreira solo intensa e com alguns sucessos. Nos seus últimos anos de vida, enquanto lutava contra problemas nos rins (chegou a receber um transplante), ainda encontrou forças pra gravar discos com Clapton e participar também do disco "Stadium Arcadium", dos Red Hot Chili Peppers, na canção "Warlocks". Faleceu em junho de 2006, de complicações renais. Um grande músico que faz falta!!


7 - Ray Manzarek - The Doors
Quando se fala em The Doors, todos logo lembram das performances provocantes e explosivas do seu frontman Jim Morrison. Muita gente esquece que a sonoridade da banda reside no teclado de Ray Manzarek (e o som do baixo também), o mais técnico de seus integrantes. Quem não reconhece o teclado de "Light My Fire"? Só por esta canção, ele já merece sua posição. Mais reconhecimento para este grande tecladista, de fundamental importância para o rock and roll!!


6 - Don Airey - Deep Purple, Rainbow, MSG, Whitesnake, Black Sabbath
Este tecladista é outro muito rodado no mundo do rock. Enquanto os outros dois já citados nesta lista percorreram bandas clássicas de rock, Airey percorreu os monstros do hard rock e heavy metal. Começou participando das gravações do disco "Never Say Die", do Black Sabbath. Logo a seguir, entrou no Rainbow, gravando dois álbuns de sucesso - "Down To Earth" e "Difficult To Cure". Gravou também com Ozzy Osbourne (gravando os discos clássicos da fase Randy Rhoads - sim, é ele quem gravou aquela intro de "Mr. Crowley") e Gary Moore. Participou de discos do Jethro Tull, Whitesnake e Bruce Dickinson. Nos anos 2000, foi recompensado por anos de serviços e foi promovido a tecladista do Deep Purple, depois da aposentadoria de Jon Lord. Sexto lugar com honras!


5 - Tony Banks - Genesis
Membro do Genesis durante toda a existência da banda, grande compositor e letrista, Tony é um pioneiro dos teclados e um dos responsáveis por todo aquele clima das músicas da banda. Experimente a introdução de "Watcher Of The Skies", "Firth Of Fifth" e muitas outras. Ele ainda tocava passagens acústicas de diversas canções. Um músico de primeira que não teve uma carreira de sucesso como outros membros do Genesis (Phil Collins e Peter Gabriel são os mais conhecidos) mas seu talento é inegável. Longa vida a este grande tecladista!


4 - Keith Emerson - Emerson, Lake & Palmer
Falamos em performances explosivas e provocantes de Jim Morrison do The Doors, e estes adjetivos tem tudo a ver com nosso quarto lugar. Keith Emerson fez parte de um dos trios mais virtuosos da história do rock, o Emerson, Lake & Palmer. Sua técnica é impressionante, e as performances no palco são um show à parte. Aquele som imponente da banda tem muita contribuição de nosso quarto lugar - experimentem "The Three Fates", "Tarkus", "Fanfare For The Common Man", "Jerusalem". Com 67 anos, ele segue firme e forte no rock and roll. Longa vida a ele também!!!


3 - Richard Wright - Pink Floyd
A medalha de bronze vai para este grande tecladista de uma das mais fantásticas bandas da história do rock. O Pink Floyd se desenvolveu com diferentes líderes durante sua existência (primeiro Syd Barrett, depois Roger Waters e finalmente David Gilmour), mas em todas elas Rick estava lá, com seu som suave, experimental em alguns momentos, clássico em outros, sempre fundamental na sonoridade da banda. Veja o talento de Wright em "Echoes", "Shine On You Crazy Diamond", e principalmente em "Us And Them", uma composição sua e de Waters, onde ele ajuda nos vocais de Gilmour. Perdemos este grande tecladista para o maldito câncer no ano de 2008. Sua falta é muito sentida!!


2 - Rick Wakeman - Yes
A carreira deste tecladista é fantástica. Ele entrou para uma das maiores e melhores bandas de rock progressivo da história, o Yes, e com o sucesso e o reconhecimento ganhos em suas performances com a banda, iniciou uma carreira solo única - talvez a mais consistente dos escolhidos aqui. Ele participou dos principais discos da banda, os mais clássicos. Confira todo o talento dele por exemplo em "Cans And Brahms", adaptação de obras clássicas, ou em "Siberian Khatru". Mas seus discos solo são uma história a parte - confira, por exemplo, o fantástico álbum conceitual "Journey To The Centre Of The Earth" e você entenderá. De quebra, ainda participou de um álbum clássico do Black Sabbath - "Volume 4". Medalha de prata para Wakeman, que além de tocar bem ainda ensinou seus filhos a tocar - e eles estão por aí, seja substituindo-o no Yes ou tocando para Ozzy!


1 - Jon Lord - Deep Purple, Whitesnake
Ah, meu tecladista preferido fazia duelos de solos com Ritchie Blackmore. Organizou o famoso disco "Concerto For Group And Orchestra", uma das primeiras tentativas de se unir a música clássica com o rock. Suas performances ao vivo são imbatíveis: nem mesmo Rick Wakeman o superava, na minha modesta opinião. Vejam seu talento em diversos clássicos do Deep Purple, como "Speed King" (duelo incrível com Blackmore), "Child In Time",  "Highway Star" (um dos solos mais incríveis - outro grande duelo), e "Perfect Strangers" (esta introdução chega a me dar arrepios quando escuto, incrível!). A medalha de ouro não podia ir para outro senão Jon Lord, o lorde inglês dos teclados. Lamentavelmente ele não está mais na ativa com o Deep Purple, e ainda está lutando contra um câncer. Vamos torcer que ele derrote esta doença e nos presenteie com mais anos de seu talento. Longa vida ao mestre!!



Mais uma lista de dez mais chega ao fim; cobrimos agora os tecladistas. Em breve falaremos dos vocalistas e dos guitarristas e fecharemos o ciclo. Todos tem direito de discordar (estamos numa democracia, ora!), as listas são construídas do meu gosto pessoal, e eu não tenho nenhum conhecimento técnico de música. Deixem nos comentários seus tecladistas preferidos. Até a próxima lista!


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...